Skip directly to content

Reduzindo a taxa do seu colesterol

Taxas elevadas de colesterol no sangue podem propiciar a formação de uma placa nas paredes das artérias e impedir a passagem do sangue que nutre o seu coração. Quanto mais elevadas as taxas de colesterol no sangue, maior é o seu risco de sofrer uma doença coronariana – a forma mais comum da doença do coração.

Por que controlar seu colesterol?

O seu organismo fabrica a maior parte do colesterol que você necessita. Entretanto, uma alimentação rica em gordura saturada e colesterol pode causar elevação dos níveis de colesterol no seu sangue. O colesterol total é uma combinação do nível de HDL, LDL e outros “tipos” de colesterol (IDL e VLDL). 

Lipoproteínas de baixa densidade (LDL): também chamado de colesterol “ruim”, ele pode aderir-se às paredes das artérias favorecendo a formação de placas de gordura que com o passar do tempo podem dificultar a passagem do sangue, levando a um quadro de angina (dor no peito) ou até mesmo infarto do coração (ataque cardíaco). Quanto mais elevado o seu nível de LDL, mais elevado é o seu risco de doença cardíaca. Para a maioria das pessoas é desejável uma taxa de LDL inferior a 130 mg/dl. 

Lipoproteínas de alta densidade (HDL): também chamada de colesterol “bom”, acredita-se que ela ajuda a remover o excesso de colesterol do sangue. Quanto mais elevadas as suas taxas de HDL, mais baixo é o seu risco de doença cardíaca. Sua taxa de HDL deve ser superior a 40 mg/dl. 

Triglicérides: são gorduras presentes na circulação sangüínea que se elevam após a ingestão de alimentos gordurosos e ricos em carboidratos. Níveis altos de triglicérides, somados a elevados níveis de LDL, podem aumentar, mais tarde, o risco de doença coronariana.

Adote um estilo de vida mais saudável

Você pode adotar hábitos saudáveis ao coração para auxiliar na redução do nível de seu colesterol e reduzir o risco de doença cardíaca. Mesmo se você for portador de doença cardíaca, nunca é tarde demais para cuidar do seu coração e ajudar na prevenção de problemas futuros.

Conheça seus níveis de colesterol

Você pode ter uma taxa alta de colesterol e nem saber disso. A formação de colesterol ocorre ao longo dos anos sem quaisquer sintomas. Portanto, você não sente nada e um dia poderá sofrer um ataque cardíaco. Para evitar que isso ocorra, é preciso manter os níveis de colesterol no sangue sempre controlados. Para pessoas não portadoras de doença coronariana, um nível desejável de colesterol total situa-se abaixo de 200 mg/dl.

Faça a atividade física

A atividade física regular pode elevar sua concentração sangüínea de HDL (colesterol “bom”) e diminuir a de LDL (colesterol “ruim”). Só um profissional de saúde pode ajudá-lo a decidir o tipo de exercício físico é o que melhor se adapta às suas necessidades. Você não precisa necessariamente freqüentar uma academia de ginástica. Algumas dicas como andar ou ir de bicicleta ao trabalho ou às compras, usar as escadas ao invés de elevador podem auxiliá-lo bastante.

Siga uma alimentação saudável

• Consuma moderadamente carnes e derivados de leite integral. Troque as carnes vermelhas por peixes e frango sem pele, pobres em gordura. Use derivados de leite desnatado ou pobres em gordura.


• Coma à vontade verduras, legumes e frutas frescas.

• Consuma normalmente grãos integrais (feijão, ervilha, lentilha, etc.), cereais, massas e pães.

 

Cozinhe os alimentos com pouca gordura

• Muitos dos seus pratos favoritos podem ser preparados com um mínimo de gordura.

• Use microondas, vapor, refogado, grelhado, assado, gratinado, cozido, pochê ou cozido em fogo lento ao invés de fritura.

• Refogue os alimentos com pouco óleo ou caldo não gorduroso.

• Apare a gordura e a pele de carnes e frangos.

• Doure a carne e drene a gordura antes de adicionar outros ingredientes.

• Use limão ou ervas para acrescentar sabor aos alimentos.

• Creme de leite, chocolates, sorvetes à base de leite, presunto e demais embutidos devem ser excluídos de sua alimentação.

• Se você tem diabetes, um profissional de saúde pode ajudá-lo a decidir sobre as adaptações necessárias a sua alimentação.

 

Referências:

IV Diretriz Brasileira Sobre Dislipidemias e Diretriz de Prevenção da Aterosclerose do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Arq Bras Cardiol 2007;88 (supl I). 


Third Report of the National Cholesterol Education Program (NCEP) Expert Panel on Detection, Evaluation, and Treatment of High Blood Cholesterol in Adults (Adult Treatment Panel III) final report. Circulation. 2002 Dec 17;106(25):3143-421.

As informações sobre saúde contidas neste site são fornecidas somente para fins educativos e não pretendem substituir, de forma alguma, as discussões estabelecidas entre médicos e pacientes. O diagnóstico de qualquer doença só pode ser realizado por um profissional de saúde. Somente o profissional de saúde pode ajudá-lo a decidir pela melhor opção de tratamento.

Em caso de dúvidas, favor contatar o Fale Pfizer através do telefone 0800-16-7575 (de segunda a sexta-feira das 8h00 às 20h00). 

"NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE". 

Todas as informações contidas neste site são destinadas ao público brasileiro.