Skip directly to content

Chocolate pode ser um aliado da saúde do coração

Estudos apontam que comer cerca de 100 gramas por dia deste alimento pode diminuir os riscos de doenças cardíacas. Um deles foi feito na Inglaterra durante 11 anos com 21 mil pessoas. Ao longo desse tempo, morreram em decorrência de doença cardiovascular mais de 5% dos participantes que não comiam chocolate em relação aqueles que comiam.

Mas, se você é um amante de chocolate, melhor não comemorar a boa notícia ainda: a verdade é que os pesquisadores não sabem se existe, de fato, uma relação direta entre o chocolate e a saúde do coração. É possível que as pessoas que gostam de comer chocolate tenham algum outro hábito que ofereça proteção cardíaca, como comer uma grande variedade de alimentos saudáveis e serem mais ativos.

Uma outra hipótese para explicar essa relação é a presença de flavonoides no chocolate. Os flavonoides têm poder antioxidante e ajudam a baixar a pressão arterial, melhorar o fluxo sanguíneo para o cérebro e o coração, prevenir coágulos sanguíneos e combater o dano celular. São encontrados em chás, vinho tinto, amendoins e em uma variedade de frutas e vegetais. Mas são particularmente abundantes em grãos de cacau, usados para fazer o chocolate.

Chocolate amargo é rico em flavonoides

Antes de sair comendo qualquer tipo de chocolate, é importante saber que nem todos eles são ricos em flavonoides. A maioria das formas comerciais do produto são altamente processadas, o que significa que grande parte dos flavonoides foi perdida. Nem sempre a quantidade de flanoides está indicada na embalagem, mas a regra é que quanto maior o teor de cacau da barra, melhor é para a sua saúde.

A melhor aposta é o chocolate amargo, que geralmente tem mais cacau e, portanto, mais flavonoides que o chocolate ao leite. Também tem menos açúcar e menos gordura saturada. Mas cuidado com os ingredientes extras que podem adicionar gordura e calorias ao produto.

De qualquer forma, mesmo que você ame chocolate, uma boa ideia para ajudar a evitar doenças cardíacas é manter hábitos alimentares saudáveis, exercitar-se regularmente e evitar o estresse. O seu médico pode ajudá-lo com isso, consulte-o.

Conteúdo relacionado no site da Pfizer

 

Referências

http://www.health.harvard.edu/blog/sweet-dreams-eating-chocolate-prevents-heart-disease-201506168087
http://my.clevelandclinic.org/services/heart/prevention/nutrition/food-choices/benefits-of-chocolate
http://news.heart.org/daily-chocolate-consumption-linked-to-better-insulin-levels-in-affluent-adults/
https://www.goredforwomen.org/about-heart-disease/heart_disease_research-subcategory/good-news-about-chocolate/