Skip directly to content

Cientistas Pfizer são reconhecidos como "Heróis da Química"

Os cientistas que desenvolveram um importante antidepressivo lançado em 1993 foram reconhecidos pela Sociedade Americana de Química (American Chemical Society) como “Heróis da Química”. A entidade elege profissionais cujo trabalho inovador em química ou em engenharia química tenha levado ao desenvolvimento de produtos comerciais que beneficiaram o mundo.

O medicamento Pfizer foi o primeiro inibidor seletivo de recaptação de serotonina-noradrenalina com indicação para o tratamento do transtorno depressivo maior, também conhecido como TDM. Esse transtorno é um quadro mental caracterizado pelo humor depressivo generalizado e persistente, acompanhado por baixa autoestima e a perda de interesse ou prazer em atividades normalmente prazerosas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, esta condição é uma das principais causas de incapacidade em todo o mundo.

Para a Pfizer, é uma honra ser reconhecida por uma organização sem fins lucrativos com mais de 161 mil membros, considerada a maior sociedade científica do mundo e líder global no acesso à investigação no domínio da química por meio de dados, revistas, jornais e conferências científicas.