Skip directly to content

Pneumonia traz mais risco para idosos

A pneumonia, doença caracterizada pela infecção nos pulmões, é uma das principais causas de internação de idosos, segundo o Sistema Único de Saúde. Causada por vírus ou bactérias, a doença respiratória provoca tosse intensa com secreção ou até com sangue, febre, falta de ar e dor no peito. Entretanto, em pessoas de terceira idade nem sempre esses sintomas se manifestam, o que dificulta o diagnóstico e, consequentemente, retarda o tratamento, podendo trazer uma série de complicações ao paciente.

 

“Em idosos, a pneumonia pode aparecer sem os sintomas característicos. Em alguns casos, a doença traz uma queda geral no quadro de saúde do paciente, deixando-o mais prostrado, pouco ativo e com redução de apetite”, afirma o médico pneumologista Adalberto Sperb Rubin, diretor da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. Isso pode trazer o atraso no diagnóstico e o agravamento do estado da pessoa.

 

Segundo ele, a pneumonia pode ser fatal à medida que a idade avança e, muitas vezes, traz complicações às outras doenças previamente existentes, como insuficiência cardíaca e hipertensão arterial.

 

Como se prevenir

 

Causada pela ação de vírus ou bactérias, a pneumonia ataca, sobretudo, as pessoas mais idosas, que geralmente estão com sistema imunológico comprometido. “Além disso, a população mais idosa apresenta doenças coexistentes, que favorecem o surgimento de infecções”, afirma o médico. A pneumonia ainda pode ser desencadeada com a complicação de gripes, como influenza, e resfriados fortes. 

 

Alguns medicamentos também podem causar uma reação que favorece o aparecimento da pneumonia, de acordo com o pneumologista Alberto Cukier, do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo.

 

Por isso, cuidar da saúde é fundamental para as pessoas da melhor idade se prevenirem contra a doença. Entre as recomendações médicas estão:

 

- Quem sofre de doença respiratória, como enfisema, bronquite crônica, asma e rinite, deve consultar o médico regularmente para controlar e tratar dessas enfermidades;

 

- Alimentação equilibrada também é importante para manter o organismo saudável;

 

- Livre-se do fumo. O tabagismo é principal causa de enfisema e doenças pulmonares;

 

- Faça atividade física para fortalecer o corpo;

 

- A vacinação antigripal e antipneumocócica fortalecem o sistema imunológico, ajudando na prevenção.

 


Fontes:

 

- Adalberto Sperb Rubin, diretor da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

 

www.brasil.gov.br/sobre/saude/saude-do-idoso/pneumonia