Skip directly to content

Qual a melhor dieta para quem tem doença de Gaucher?

Ao mesmo tempo que a doença de Gaucher acelera o metabolismo e faz o organismo precisar de mais calorias, ela pode aumentar o baço e o fígado, que comprimem o estômago diminuindo o apetite. Então, apesar de o paciente precisar comer mais, ele tem menos fome.

Além disso, a doença de Gaucher causa uma deficiência de enzimas importantes na quebra da gordura dos alimentos - os lipídios. Assim, as gorduras se acumulam em órgãos como fígado, baço e até ossos, provocando inúmeros problemas para a saúde. Tudo isso, e mais a intolerância que um dos medicamentos usados no tratamento pode causar a algumas substâncias presentes em vários alimentos, tornando essencial controlar muito bem a dieta.

Alimentação e doença de Gaucher

Metabolismo mais elevado - como é necessário ingerir mais calorias, a dieta precisa ser adequada às necessidades de cada um. E se a pessoa tiver alguma deficiência nutricional, o médico pode indicar suplementos de vitaminas ou minerais.

Alimentação fora de casa - nem sempre é fácil seguir o que o médico recomenda, ainda mais se você precisa comer fora de casa. Uma dica útil é aprender a ler o rótulo dos produtos para saber sua composição. Muitos restaurantes oferecem informações nutricionais sobre seus pratos, o que ajuda bastante nesse processo.

Intolerância a algumas substâncias - Alguns dos medicamentos usados no tratamento de pacientes com a doença de Gaucher pode provocar uma intolerância a substâncias conhecidas como dissacarídeos, presentes em alimentos que tenham lactose, sacarose e maltose. Isto torna necessário fazer uma dieta em fases:

Primeira fase da dieta - dura um mês e a alimentação deve ser pobre em dissacarídeos. Você deve comer vegetais, evitando os ricos em amido (como batata, cenoura e milho) e com muita sacarose (melão, tangerina, nectarinas...); coma proteínas com pouca gordura; e também laticínios, mas sem lactose. Corte bebidas alcoólicas e açúcar e também evite alimentos que tenham muito da substância, como bolos, bolachas e pão branco.

Segunda fase da dieta - com o organismo mais acostumado à medicação, é possível começar a consumir arroz, massas, legumes, pães e frutos secos.

Terceira fase da dieta - a alimentação nessa fase é caracterizada pela inclusão de lactose na dieta, como leite de vaca e iogurte. Se eles causarem diarreia, evite frutas e vegetais crus, e beba muita água.

É fundamental procurar a orientação de um médico. Ele indicará o que é melhor quando se trata de alimentação e doença de Gaucher. Jamais inicie uma dieta sem a orientação de um especialista.

Conteúdo relacionado no site da Pfizer

 

Referências

http://www.spdm.org.pt/media/1119/guia-nutricional-dg1-light.pdf - acessado em 02/09/2017
http://conitec.gov.br/images/DoencaGaucher.pdf - acessado em 02/09/2017
http://www.gaucherdisease.org.uk/living.htm - acessado em 02/09/2017
http://www.gaucherconnection.ca/ManagingGaucherDisease.aspx - acessado em 02/09/2017
http://crf-pr.org.br/uploads/paginadinamica/27205/folder_doenca_de_gaucher.pdf - acessado em 02/09/2017