Skip directly to content

Doenças pneumocócicas

Doenças pneumocócicas são aquelas causadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae. Pneumonia, meningite e otite (inflamação aguda do ouvido) são exemplos de doenças que podem ser causadas por essa bactéria. Sinusite, septicemia (infecção do sangue), artrite infecciosa e osteomielite (infecção dos ossos) são outras doenças pneumocócicas, causadas pela mesma bactéria.

Se não forem diagnosticadas precocemente e tratadas corretamente, as doenças pneumocócicas podem levar à morte. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1,6 milhão de pessoas morrem por ano por causa das doenças pneumocócicas.

Como as doenças pneumocócicas são transmitidas?

A bactéria Streptococcus pneumoniae (também chamada de pneumococo) é transmitida de pessoa para pessoa. Muitos carregam essa bactéria nas mucosas da garganta e do nariz. Um espirro ou tosse com a boca descoberta pode ser o suficiente para infectar outra pessoa. As doenças se desenvolvem quando a bactéria se multiplica no corpo, por uma incapacidade do sistema imunológico de combater o "invasor".

Quem está sujeito a contrair essas doenças?

Qualquer pessoa pode ter a doença pneumocócica, mas algumas pessoas estão em maior risco do que outras, tais como: crianças com menos de dois anos de idade e adultos a partir de 65 anos; pessoas com doenças crônicas, como diabetes, câncer e insuficiência renal; pacientes com o sistema imunológico comprometido por outras doenças; e fumantes.

Como é possível evitar que se pegue uma doença pneumocócica?

Além da higiene, é fundamental que as pessoas mantenham hábitos saudáveis, como boa alimentação e uma rotina de exercícios físicos, além de não descuidar de doenças existentes como cardiopatias, diabetes, hipertensão e qualquer enfermidade que afete o sistema imunológico. A vacina é também um meio de prevenção.

Diferentemente de algumas doenças que são contraídas na infância e o corpo cria resistência a elas (como o sarampo e a catapora), existe o risco de se contrair as doenças pneumocócicas mesmo depois do primeiro contágio.

A chance de contrair novamente uma dessas doenças aumenta bastante por uma série de fatores, e é possível que os sintomas venham ainda mais fortes. Existem dezenas de variações do pneumococo, e cada uma exige que o sistema imunológico se adapte e desenvolva defesas. A vacinação, por exemplo, dá ao corpo as ferramentas para que defesas eficientes sejam produzidas naturalmente, evitando que a bactéria se espalhe e desenvolva alguma doença pneumocócica.

Como é o diagnóstico de uma doença pneumocócica?

O exame clínico é muito importante para o diagnóstico. Exames de sangue complementares, exames do ouvido e do líquido da espinha podem ser necessários e devem ser pedidos a critério do médico, que fará sua avaliação.

As doenças pneumocócicas são tratáveis?

Sim, mas o Streptococcus pneumoniae é bastante adaptável e pode desenvolver resistência aos antibióticos, obrigando os médicos a utilizarem tratamentos diferentes. O risco é que a bactéria fique resistente até mesmo aos antibióticos de última geração. Por isso, a imunização é a melhor forma de prevenção, pois ajuda a evitar a proliferação do Streptococcus pneumoniae. Estima-se que 40% dos pneumococos são resistentes à penicilina.

Por este motivo, é fundamental que se siga exatamente o tratamento médico. Ele sabe qual antibiótico usar e a dosagem necessária. A automedicação ou interrupção do tratamento pode colocar a vida do paciente em risco.


Referências

https://www.bio.fiocruz.br/index.php/doenca-pneumococica-sintomas-transmissao-e-prevencao

http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/controle/rede_rm/cursos/rm_controle/opas_web/modulo3/gramp_strepto.htm

http://www.brasil.gov.br/saude/2012/04/pneumonia

http://www.niaid.nih.gov/topics/pneumococal/pages/pneumococcaldisease.aspx

http://www.cdc.gov/pneumococcal/about/risk-transmission.html

http://www.cdc.gov/mmwr/preview/mmwrhtml/00047135.htm

http://wwwnc.cdc.gov/travel/diseases/pneumococcal-disease-streptococcus-pneumoniae

http://www.cdc.gov/pneumococcal/index.html

http://www.cdc.gov/vaccines/pubs/pinkbook/downloads/pneumo.pdf

http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/pneumonia/basics/definition/con-20020032

http://www.hopkinsmedicine.org/healthlibrary/conditions/respiratory_disorders/pneumonia_85,P01321/