Skip directly to content

2017

Sílvio Santos e Bonner envelhecem melhor do que George Clooney, aponta pesquisa

Entre as mulheres, os destaques são as atrizes Glória Pires e Fernanda Montenegro

O apresentador Sílvio Santos, de 87 anos, e o jornalista William Bonner, de 54, são os homens que melhor estão envelhecendo no País. Essa é a opinião de 78% dos participantes da pesquisa “Como os brasileiros encaram o envelhecimento - versão 2017”, realizada pelo Instituto Qualibest. Já o ator norte-americano George Clooney, de 56 anos, é mencionado por 69% dos entrevistados. 

Entre as mulheres, as personalidades mais votadas são as atrizes Glória Pires, de 54 anos, e Fernanda Montenegro, de 88 anos.

Campanha da Pfizer propõe reflexão sobre o envelhecimento

Em seu terceiro ano, a iniciativa mostra que a experiência de vivenciar novos desafios e sensações não tem idade

Lançada em 2015, com o objetivo de convocar a sociedade para uma conversa franca e bem-humorada sobre a maturidade, a campanha “Envelhecer Sem Vergonha” entra em seu terceiro ano com novidades. Agora, a ideia é mostrar como as diferentes gerações experimentam uma situação marcante pela primeira vez. Esse é o mote da websérie “Viver não tem idade”, composta por três episódios.

Dois dos três vídeos já estão no ar e podem ser acompanhados pelos internautas na página da campanha no

Luva robótica que devolve movimentos após AVC conquista prêmio para startups

Idealizada pela Pfizer para incentivar jovens empresas e inventores da área da saúde, a premiação concede programas de aceleração e mentoria aos ganhadores

Acaba de sair a lista dos ganhadores do 3º Prêmio Desafio Pfizer, que valoriza startups focadas em produtos e soluções digitais inovadores em saúde.  Ao desenvolver uma luva robótica controlada pelo cérebro para reabilitar pessoas que tiveram acidente vascular cerebral (AVC), a empresa Neurobot conquistou o primeiro lugar da categoria Startups em Criação.

Terapia inovadora revoluciona o tratamento de pacientes com hemofilia

Em fase de estudos clínicos, tratamento se baseia na inserção de um gene saudável para reparar células doentes 
 
Uma técnica capaz de inserir um gene saudável em células específicas pode revolucionar o tratamento de pacientes com doenças genéticas que, atualmente, necessitam utilizar medicamentos por toda a vida, como é o caso da hemofilia. Trata-se de um processo complexo, conhecido como terapia gênica, que se baseia na transferência de um gene saudável para as células do paciente, de modo que elas passem a produzir proteínas que antes não eram capazes de processar. 

Para que o gene

Eduardo Srur espalha pés gigantes pela cidade para alertar sobre doença genética irreversível

Em ação da Academia Brasileira de Neurologia, Largo da Batata, Estação Cidade Jardim e Ponte Juscelino Kubitschek vão receber obras que simbolizam os principais sintomas da PAF

Conhecido por suas intervenções urbanas de cunho ecológico e social, Eduardo Srur se volta agora para a área da saúde. Com o objetivo de chamar a atenção do paulistano para a importância de uma doença genética irreversível e pouco conhecida no Brasil, o artista plástico vai espalhar pés gigantes pela cidade.

Associação Pan-americana de Infectologia e Pfizer lançam campanha para alertar sobre resistência bacteriana

Ao reduzir opções médicas para tratar infecções graves, a resistência bacteriana representa uma das principais ameaças à saúde global. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, a partir de 2050, mais de 10 milhões de pessoas morrerão por ano por causa de bactérias resistentes a antibióticos, superando os óbitos por câncer, que atualmente somam 8,2 milhões. Nesse contexto, a Pfizer acaba de lançar a campanha digital “Pequenas Ações Salvarão Milhões de Vidas“, em parceria com a Associação Pan-americana de Infectologia (API).

Durante o mês de novembro, um quiz estará disponível no site

Campanha digital alerta sobre avanço da resistência bacteriana

Em parceria com a Associação Pan-americana de Infectologia, iniciativa da Pfizer mostra como atos simples podem ajudar no combate ao problema

Ao reduzir o arsenal médico para tratar infecções graves, a resistência bacteriana representa uma das principais ameaças à saúde global. Estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que, a partir de 2050, mais de 10 milhões de pessoas morrerão por ano por causa de bactérias resistentes a antibióticos, superando o número anual de óbitos por câncer, por exemplo, que atualmente chega a 8,2 milhões.

Doenças crônicas como diabete e asma multiplicam os riscos de pneumonia

Com sistema imunológico fragilizado, esses pacientes são mais suscetíveis à infecção, que está entre as principais causas de internação e morte no País

Condições clínicas comuns, como diabete, tabagismo, asma e doenças cardíacas, multiplicam os riscos de desenvolver pneumonia pneumocócica, uma das principais causas de internação e mortes em todo o mundo, inclusive no Brasil. “Esses pacientes apresentam o sistema imunológico enfraquecido e por isso são mais suscetíveis à doença.

Porto Alegre recebe ação nacional de conscientização do câncer de mama

Visitantes do Parque Farroupilha participarão de um quiz interativo sobre os principais mitos relacionados ao tumor

O câncer de mama é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, a incidência da doença é ainda mais elevada, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), superando as taxas nacionais. Por isso, neste Outubro Rosa, a capital gaúcha foi uma das cidades brasileiras selecionadas para receber a campanha SAÚDE SEM MISTÉRIO - 10 MITOS SOBRE O CÂNCER DE MAMA, que já passou por São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Rio de

Rio de Janeiro recebe ação nacional de conscientização do câncer de mama

Passageiros de estações da SuperVia participarão de um quiz interativo sobre os principais mitos relacionados ao tumor

O câncer de mama é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres do Rio de Janeiro e, na capital, a incidência da doença é ainda mais elevada, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), superando as taxas nacionais. Por isso, neste Outubro Rosa, a cidade foi uma das cidades brasileiras selecionadas para receber a campanha SAÚDE SEM MISTÉRIO - 10 MITOS SOBRE O CÂNCER DE MAMA, que já passou por São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF). A ação também será

Pages