Skip directly to content

Depressão

Quem sofre de depressão não precisa sentir culpa e não existe razão para ficar envergonhado. A depressão é uma condição médica, como diabetes ou artrite. Não é sinal de fraqueza ou falta de vontade. Você não se sentiria envergonhado se precisasse tratar outras doenças. Então, também não deve ficar envergonhado de ter depressão e fazer tratamento. Continue a leitura para saber mais a respeito.

Depressão é mais comum do que as pessoas imaginam, tenha a certeza de que você não está sozinho. Ela acontece em todas as idades, em ambos os sexos e em qualquer fase da vida. Só nos Estados Unidos, cerca de 20 milhões de pessoas sofrem de depressão. Acredita-se que uma em cada cinco mulheres e um em cada dez homens irá sofrer de depressão em algum momento de sua vida.

Sentir-se triste às vezes pode não significar depressão

Todos os dias, podemos conviver com algum sofrimento ou tristeza que é momentâneo. É normal ficar triste porque um ente querido faleceu ou passar por um momento melancólico. Após um curto período de tempo, a vida volta ao ritmo normal e não há mais prejuízo para a qualidade dela.

Quando usamos o termo depressão, estamos nos referindo a um transtorno médico, cujos sintomas e duração são específicos. O tipo de depressão que necessita da atenção dos médicos afeta o humor, os pensamentos, a atividade física e o comportamento de várias formas.

Os sintomas da depressão

O termo depressão se refere a uma tristeza persistente ou perda de interesse e/ou prazer na maioria das atividades. Veja alguns sintomas da depressão:

  • Mudanças no apetite e no peso;
  • Mudanças no padrão do sono;
  • Agitação ou retardo na resposta dos movimentos do corpo que é notado pelas outras pessoas;
  • Perda de energia ou sentimento de cansaço durante o tempo todo;
  • Dificuldade para se concentrar ou tomar decisões;
  • Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva;
  • Pensamentos repetitivos de morte ou suicídio.

Quais são as causas da depressão?

Existem diversas causas da depressão. Não existe uma explicação definitiva sobre o motivo de uma pessoa poder ter o transtorno e outra não. Há uma série de fatores individuais que trabalham juntos e permitem ou evitam que alguém desenvolva o transtorno em um determinado momento da vida.

Algumas vezes é possível identificar as causas da depressão, mas existem ocasiões em que o problema se manifesta sem razão aparente. Mesmo em pessoas cuja vida parece estar indo muito bem. Algumas razões para que isso ocorra são:

Características individuais - é mais provável que uma pessoa desenvolva depressão se o pai ou a mãe também teve. Entretanto, nem todos que têm histórico familiar desenvolverão o transtorno.

Fatores fisiológicos e bioquímicos da depressão - parecem ocorrer em consequência de um desequilíbrio das substâncias químicas do cérebro, os neurotransmissores.

Outras condições médicas – existem algumas que podem causar sintomas muito parecidos com os da depressão. Por exemplo, os acidentes vasculares cerebrais (AVCs), as doenças endocrinológicas e alguns medicamentos.

Qual o tratamento da depressão?

Medicamentos – antidepressivos são a forma mais comum de tratamento da depressão. Mas não tome por conta própria ou indicação de conhecidos, um caso é diferente do outro. Só o médico pode indicar o melhor tratamento para você.

Terapia – além de ajudar a identificar a causa do transtorno, ensina maneiras para lidar no dia a dia com os sintomas da depressão.

Exercícios físicos – a prática regular de exercícios físicos pode ser associada com medicamentos e terapia, pois também ajuda a combater os sintomas do transtorno.

 

Referências

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2802389/- acessado em 16/10/2018

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2277315/ - acessado em 16/10/2018

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16413879 - acessado em 16/10/2018

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16417069 - acessado em 16/10/2018

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16473294 - acessado em 16/10/2018

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15853495 - acessado em 16/10/2018

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/m/pubmed/16510055/ - acessado em 16/10/2018

https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/depression/diagnosis-treatment/drc-20356013 - acessado em 16/10/2018

http://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/depression - acessado em 16/10/2018