MUDANÇAS NO HÁBITO INTESTINAL PODEM INDICAR RETOCOLITE ULCERATIVA

Pessoa dentro de um banheiro

Como anda o seu hábito intestinal? Seu intestino tem funcionado corretamente? As respostas para essas duas perguntas podem ajudar a identificar seu estado de saúde. 

Apesar de desconfiar que têm problemas intestinais, muitas pessoas deixam de procurar uma avaliação médica por vergonha ou por achar que pode não ser nada demais. 

Há uma série de doenças que têm como sintoma a irregularidade de evacuação ou mesmo mudança na consistência das fezes. Entre elas, estão as doenças inflamatórias intestinais, classificação que se refere principalmente à doença de Crohn e à retocolite ulcerativa.1

Na doença de Crohn, o processo inflamatório pode atingir todo o sistema digestório, da boca, passando pelo estômago e intestino, chegando ao ânus. Já a retocolite ulcerativa é mais localizada, atingindo o intestino grosso.1

É fundamental procurar o gastroenterologista ou o coloproctologista o quanto antes, pois as consequências das DIIs podem ser graves. Se o tratamento adequado não for iniciado, consequências como estreitamentos e tumores podem ser irreversíveis.1

 

REFERÊNCIAS

  1. Mudança de hábito intestinal por mais de um mês? Melhor procurar um médico. Hospital 9 de julho. Disponível em: https://www.h9j.com.br/pt/sobre-nos/blog/mudanca-de-habito-intestinal-por-mais-de-um-mes-e-melhor-procurar-um-medico Consultado em 30 Nov. 2021.

 

Voltar à Página Principal

PP-XEL-BRA-0534