Covid-19 - Fake News, Não!

tubos de vacinas espalhados em uma mesa, com dados escritos fake e fact

QUEM TEVE COVID-19 PODE SE VACINAR?

Não só pode, como deve se vacinar. Como a duração da proteção natural gerada pela própria doença é desconhecida, e por existir a possibilidade de reinfecção - ainda que pouco frequente, -  a vacinação é indicada independentemente do histórico de covid-19.

Mas, para tomar a primeira ou a próxima dose, é necessário esperar pela recuperação completa e um período de quatro semanas após o início dos sintomas.

POSSO CONTRAIR GRIPE E CORONAVÍRUS AO MESMO TEMPO?

Conhecida como Flurona, a infecção simultânea de influenza e covid-19 ocorre quando se tem resultado positivo para os dois agentes, que são muito parecidos, pois atacam o sistema respiratório e têm sintomas semelhantes, como: febre, coriza, tosse e dores no corpo. 

A transmissão dos dois vírus ocorre por meio de gotículas de saliva, e ainda não há um estado que afirme que a infecção dupla seja mais grave do que quando se contraí apenas um dos agentes. Mas tendo como referência os casos que aconteceram, os médicos não acreditam que o quadro clinico do paciente se agrave. 

E mesmo que os testes detectem a presença dos dois vírus, não necessariamente os dois estão causando danos ao organismo, pois um tende a ser o protagonista. Por isso, é importante se prevenir e lembrar que ambas as doenças tem suas respectivas vacinas disponíveis para imunização. 

POSSO TOMAR AS VACINAS DA GRIPE E DA COVID-19 AO MESMO TEMPO? 

Atualmente as 2 maiores campanhas de vacinação são contra a influenza e a covid-19, e muitos se perguntam se ambas as vacinas podem ser tomadas juntas. Inicialmente, o Ministério da Saúde pedia um intervalo de 14 dias entre as imunizações como medida de precaução e também para monitorar eventos adversos, mas agora, a recomendação para maiores de 12 anos é que ambas podem ser aplicadas no mesmo dia. 

Para as crianças, é indicado um intervalo de 15 dias entre as vacinas. 

POSSO TOMAR VACINA CONTRA A COVID-19, SE ESTIVER GRIPADO?

Depende! Para imunizar-se contra a covid-19, seja para a primeira, segunda ou terceira dose, é necessário esperar que o quadro agudo com febre se resolva, ou seja, que a febre tenha desaparecido para seguir com o esquema de vacinação. Se for uma gripe ou resfriado sem febre, a vacinação pode ser realizada.

Isso acontece com todas as vacinas: quando a pessoa tem uma doença aguda febril, é recomendado adiar a vacinação até a febre desaparecer por completo.

QUEM TEVE COVID-19 PODE DOAR SANGUE? 

Durante a pandemia os bancos de sangue viram seus estoques despencarem e muitas pessoas ficaram em dúvida se quem teve Covid-19 pode doar sangue.

Portanto, se você é um doador de sangue, continue a exercer sua cidadania. Quem foi diagnosticado com o coronavírus pode sim doar sangue, mas deve esperar o prazo de 30 dias após a recuperação total, ou seja, 1 mês após os sintomas não existirem mais.

 

REFERÊNCIAS

 

 

Atualizado em 06/06/2022

PP-UNP-BRA-0280