Conheça 5 fake news sobre saúde e saiba como evitar de compartilhar informações erradas

Mulher lendo o celular num local movimentado

Fake news sobre saúde são notícias que espalham informações falsas ou erradas sobre doenças, prevenção ou tratamento, o que pode causar riscos sérios para seu bem-estar. Veja quais são algumas dessas notícias e formas de checar se as informações são verdadeiras.

Fake news 1 – vacina causa autismo 

Esse é um boato antigo, que surgiu em 1998, porém, muitos estudos já o desmentiram ao longo desses anos. Em uma pesquisa recente, com mais de 650 mil crianças, comprovou que a vacina não causa autismo. A vacinação é uma das melhores formas de estar protegido contra diferentes vírus e bactérias, além de manter a sociedade segura, impedindo que doenças se espalhem e causem uma epidemia. 

Fake news 2 – desodorante pode causar câncer de mama

Essa notícia começou a se espalhar a partir da associação de que uma grande parte dos canceres de mama ocorrem próximos a axila, onde é usado o desodorante. Apesar do produto poder causar alergias e infecções nessa região do corpo, estudos já comprovaram que os desodorantes e antitranspirantes não tem nenhuma relação com o aumento das chances de ter câncer de mama. 

Fake news 3 – usar o celular pode causar câncer 

Existem diferentes versões dessa fake news sobre saúde, seja que a radiação da bateria pode causar câncer no cérebro ou que utilizar o aparelho no escuro aumenta as chances de câncer nos olhos. Porém, nenhum estudo mostrou que exista uma relação entre os celulares e o aumento das chances de a pessoa desenvolver qualquer tipo de câncer. O que se sabe é que a luz emitida pelas telas dos aparelhos pode causar dores de cabeça, a sensação de olhos cansados e dores no globo ocular. 

Fake news 4 – usar o micro-ondas pode afetar a saúde

Muita gente tem micro-ondas em casa e pode já ter ouvido falar que a radiação usada para aquecer os alimentos afeta a saúde, mas isso não é verdade. O aparelho emite raios chamados de “radiação não ionizante” que têm a possibilidade de serem cancerígenos, porém, a estrutura dos micro-ondas é pensada para que isso não passe nem para os alimentos e muito menos para quem está próximo. 

Fake news 5 – alimentos que curam o câncer 

Nenhum estudo até o momento conseguiu encontrar algum tipo de alimento que realmente ajude na cura do câncer. Porém, é possível prevenir a doença. Pesquisas mostram que uma alimentação balanceada, em conjunto com outros hábitos saudáveis, ajuda a evitar uma série de problemas de saúde, até mesmo o câncer. 

Como checar se a notícia é verdadeira ou falsa? 

Ao receber uma notícia por aplicativo de mensagem ou em uma rede social, você pode fazer uma verificação para saber se é uma fake news sobre saúde. As duas principais formas de fazer isso são: 


Referências

https://sbim.org.br/noticias/1073-estudo-com-650-mil-criancas-comprova-que-triplice-viral-nao-causa-autismo - acesso em 17/12/2019

http://www1.inca.gov.br/impressao.asp?op=cv&id=23 - acessado em 17/12/2019

http://saude.gov.br/fakenews/44324-uso-do-celular-no-escuro-e-cancer-de-olho-fake-news - acesso em 17/12/2019

http://saude.gov.br/fakenews/45453-ondas-radioativas-do-microondas-causam-danos-a-saude-e-fake-news - acesso em 17/12/2019

http://saude.gov.br/fakenews/45174-frutas-e-a-cura-do-cancer-e-fake-news - acesso em 17/12/2019

http://saude.gov.br/fakenews/45276-alimentos-e-a-cura-do-cancer-e-fake-news - acesso em 17/12/2019

 

 

PP-PFE-BRA-2371