As mil e uma atividades do farmacêutico

mulher farmacêutica olhando para a câmera

O farmacêutico tem habilidades que muita gente desconhece. São eles que, com a receita em mãos, esclarecem as dúvidas dos pacientes quanto aos medicamentos, sejam de venda livre ou de prescrição. Mas as atividades do farmacêutico não param por aí. De acordo com o Conselho Federal de Farmácias (CFF), estes profissionais podem atuar em 71 áreas distintas. Saiba quais as principais áreas de atuação que se beneficiam com o trabalho do farmacêutico.

O farmacêutico e seus diversos papéis 

Farmácias e drogarias - o farmacêutico dá explicações para evitar efeitos colaterais e reações adversas, como intoxicações, ajudando a reduzir consequências negativas por conta do uso incorreto de medicamentos. Ele verifica se a receita está completa, observando as indicações do médico quanto à dose, via de administração, duração do tratamento, relação com a alimentação e com outros remédios que o paciente já toma.

Análises clínicas e toxicológicas - ele possui conhecimentos técnicos, farmacológicos e bioquímicos para atuar em laboratórios. Também opera em exames toxicológicos em atletas e animais, além do controle da poluição ambiental. 

Pesquisas clínicas - o trabalho do farmacêutico está no processo de investigação científica sobre medicamentos, procedimentos ou métodos de abordagem de problemas que afetam a saúde do homem.

Indústria - o profissional é responsável pela pesquisa, produção, desenvolvimento, controle de qualidade e das reações adversas, fatores que deverão comprovar a eficácia do medicamento ou produto e prevenir os riscos de efeitos adversos dos remédios. É o farmacêutico que dá suporte aos serviços de atendimento ao consumidor SACs, esclarecendo as dúvidas do paciente. Ele também atua na industrialização de medicamentos alopáticos, fitoterápicos e homeopáticos, além da área cosmética. 

Distribuição e transportes - nesta área, o trabalho do farmacêutico é garantir o modo correto de recebimento, transporte e armazenamento de medicamentos. Confere documentação e gerencia estoques, atentando para aspectos como lote, validade etc. É o profissional de farmácia que garantirá o resultado do produto final quando forem colocados no mercado para consumo da população.

Saúde Pública - a assistência farmacêutica no setor público, como postos de saúde, Unidades Básicas de Saúde e hospitais é cada vez mais necessária para ajudar na orientação e acompanhamento do tratamento, com a devida vigilância sanitária.

Resíduos - o profissional controla e emite a documentação necessária para a liberação e descarte de resíduos de medicamentos perigosos. É o responsável por todo processo de tratamento, armazenamento e destino do material. 


Referências

http://www.cff.org.br/userfiles/file/noticias/Apresenta%C3%A7%C3%A3o%20CFM%20(5).pdf  - acessado em 17/01/2020

https://www.iped.com.br/materias/farmacia/funcoes-farmaceutico-sucesso.html  - acessado em 17/01/2020

https://www.unifar.com.br/a-importante-funcao-do-farmaceutico/ - acessado em 28/06/2019

 

PP-PFE-BRA-2381