Institucional

Cientista concentrada, trabalhando em laboratório e demonstrando comprometimento com a saude

Inovação e comprometimento da Pfizer com a saúde

Inovação sempre fez parte da atuação da Pfizer para gerar grandes avanços e proporcionar saúde e qualidade de vida às pessoas em todas as etapas da vida. Desde 1849, trabalhamos para avançar na prevenção e desenvolver tratamentos cada vez mais seguros, eficazes e de qualidade.

Em tempos de pandemia, reforçamos o nosso comprometimento com os pacientes ao desenvolver em tempo recorde uma vacina segura e eficaz contra a covid-19 e também um antiviral para tratamento da doença.

 

O comprometimento da Pfizer com a saúde no Brasil

A história da Pfizer no Brasil vem de longa data. Presente no Brasil desde 1952, e completando 70 anos em 2022, a companhia investe na descoberta de tratamentos inovadores para necessidades médicas ainda não atendidas. Atualmente, temos 1.359 colaboradores, com sede na cidade de São Paulo, além de possuir uma fábrica localizada em Itapevi.

Globalmente, a Pfizer está presente em 125 mercados ao redor do mundo e é a mais completa e diversificada do setor farmacêutico, oferecendo cerca de 145 opções terapêuticas para uma variedade de doenças, com um portfólio que engloba desde vacinas para bebês e idosos até medicamentos para doenças complexas, como câncer, tabagismo, artrite reumatoide, infecção hospitalar, Alzheimer, dentre outras.
 

A Pfizer e o compromisso com a saúde mundial

O Brasil conquistou avanços importantes nos negócios globais da companhia. Além de se tornar o maior mercado para a Pfizer na América Latina, o País participa cada vez mais na descoberta de terapias inovadoras. A começar pelo número de moléculas, 16 no total, para o tratamento de diversas doenças que estão sendo avaliadas em 33 estudos clínicos, e envolvem mais de 3.600 pacientes em parcerias com universidades, empresas e laboratórios nacionais.

Por trás destes números abrangentes há muito trabalho na busca pelo melhor para a saúde de cada indivíduo em todo o mundo. A começar pelos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de novos medicamentos que chegam a mais de US$ 10 bilhões globalmente.

Todo esse esforço tem como foco oferecer às pessoas a oportunidade de envelhecer bem e viver por mais tempo, sempre com qualidade de vida. Além disso, há também a preocupação de que os medicamentos estejam cada vez mais ao alcance da população

 

O paciente em primeiro lugar

Os pacientes estão sempre em primeiro lugar em tudo o que a Pfizer faz. E a empresa se orgulha muito de em 2021 ter impactado as vidas de mais de 1.4 bilhões de pacientes e ter 1 a cada 6 pessoas tratadas com uma vacina ou medicamento da companhia. 

  • 1.1 bilhões de pessoas com nossas vacinas
  • 78 milhões de pessoas tratadas com anti-infectivos 
  • 70 milhões de pessoas com tratamentos para dor
  • 55 milhões de pessoas com doenças cardiovasculares 
  • 4,5 milhões de pessoas com terapias contra o câncer
  • 1.1 milhões de pessoas com tratamentos para o tabagismo
  • 1.1 milhões de pessoas tratadas contra doenças inflamatórias
  • 114.000 pessoas com doenças raras

 

Contribuindo com a Sociedade

A Pfizer participa de campanhas em parceria com diferentes sociedades médicas na defesa de causas alinhadas com a missão e os valores da companhia, sempre com o intuito de contribuir para a educação em saúde junto à sociedade. 

Entre esses projetos, um dos destaques é o Coletivo Pink - Por um Outubro Além do Rosa, uma campanha premiada que nasceu em 2018 com a proposta de trazer um olhar inovador para o câncer de mama e o câncer metastático a partir da escuta ativa dos diferentes atores que participam desse cenário: pacientes, familiares e sociedade. 

Na mesma frente, com o objetivo de ampliar o acesso ao diagnóstico precoce do câncer de mama, em 2020 a Pfizer lançou a campanha Mamografia no SUS 40+, que tem como objetivo sensibilizar os deputados federais para aprovação do Projeto de Lei 679/2019, que assegura a realização da mamografia preventiva pelo SUS a partir dos 40 anos – hoje restrita a mulheres com entre 50 e 69 anos. 

A companhia também é parceira da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) na campanha #MAISQUEUMPALPITE, que tem o objetivo de disseminar informações seguras sobre a saúde infantil e combater as fakes news. A campanha conta com perfis no Facebook e no Instagram, além de site próprio e já ganhou a adesão de vários influenciadores digitais com amplo alcance nas redes sociais. 

A Pfizer também está comprometida com a conscientização da população a respeito da depressão e sua relação com o suicídio e tem se empenhado na promoção de ações integradas para desmistificar esse tema durante o Setembro Amarelo, ao lado do Centro de Valorização da Vida (CVV) e de associações de pacientes desse segmento. Nos últimos anos, a campanha Na Direção da Vida - Depressão Sem Tabu contou com ações durante o Campeonato Brasileiro de Futebol e com intervenções urbanas em São Paulo e Fortaleza, que ajudaram a romper o silêncio em torno do assunto.   
E para chamar a atenção sobre a temática da Resistência Bacteriana, a Pfizer tem realizado ações sobre a importância da lavagem correta das mãos e do uso racional de antibióticos, com a campanha “Todo mundo contra as bactérias resistentes”. Especialistas são convidados todos os anos a participarem de lives educativas e da elaboração de materiais de conscientização sobre o assunto.

O forte trabalho de conscientização da companhia também se destaca no segmento de Doenças Raras. Desde 2016, a Pfizer promove a campanha Pausa na PAF, que foi lançada em parceria com a Academia Brasileira de Neurologia (ABN) como forma de aumentar o conhecimento da população a respeito de uma doença pouco conhecida no Brasil e de forte impacto para os pacientes: a polineuropatia amiloidótica familiar (PAF). Ao longo dos anos, diferentes ações chamaram a atenção para a causa e também para as amiloidoses. Em 2020, a campanha ganhou um novo nome: “Pausa pra Vida” e, com o apoio de associações de pacientes, sociedades médicas e artistas, vem mostrando as dificuldades e a superação de pacientes que convivem com doenças raras.

Em 2020, ocorreu o lançamento da campanha inédita CRIE + Proteção, em parceria com a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). Com o objetivo de promover e desmistificar o serviço oferecido pelas unidades dos CRIE, bem como estimular uma rede de proteção em torno daqueles que mais precisam da prevenção. A campanha conta com diferentes iniciativas, entre elas uma série digital e uma ação inédita aos pés do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.

Em 2021, lançamos a campanha Vacina: Tomar para Retomar, incentivando a população a tomar as doses da vacina contra a Covid-19 e se proteger contra o coronavírus para promover a retomada da rotina, do trabalho, dos encontros e de outras tantas atividades de forma ainda mais rápida. Através de peças de TV, rádio e redes sociais com o apresentador Tiago Leifert e um site exclusivo com informações sobre imunização, calendário vacinal e cuidados com a saúde, essa foi mais uma iniciativa para conscientizar a população sobre a importância da vacinação.

Também em 2021, a campanha A realidade na pele da Arte foi lançada pela nossa área de Inflamação e Imunologia. A inciativa busca mostrar através da arte, a realidade dos pacientes que vivem com dermatite atópica e por muitas vezes, são negligenciados na sociedade. A exposição, que passou por São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, trouxe as lesões de pacientes reais reproduzidas na pele de personagens que são símbolos universais de perfeição, como Mona Lisa, de Leonardo da Vinci e a Moça com Brinco de Pérola, de Johannes Vermeer, contando as histórias de cada um. São exemplos de coragem que ajudam outras pessoas a compreender e a superar as dificuldades da doença que, em muitos casos, compromete o desenvolvimento pessoal, profissional e o convívio social.
 

Responsabilidade Social

A Pfizer reforça sua missão e seus valores trabalhando para fazer a diferença nas vidas das pessoas. Com uma atuação ética e responsável com todos os públicos, a companhia estimula ações que transformem socialmente as comunidades onde está presente. Em todo o mundo, são mantidas parcerias com organizações para apoiar projetos que conscientizem as várias camadas da sociedade sobre aspectos ligados à saúde, desenvolvimento social e educação. No Brasil, a empresa apoia quatro iniciativas: “Expedicionários da Saúde”, “Se Cuida, Zezinho!”, “Programa de Inclusão Digital Casa dos Velhinhos de Ondina Lobo” e “Projeto Tear”.

Paralelamente, promove o “Programa Pfizer de Educação Ambiental” em Itapevi, na Grande São Paulo, onde sua fábrica está localizada. Aplicado em Guarulhos por mais de 15 anos, já conscientizou mais de 110 mil crianças sobre a importância das questões ambientais. A companhia mantém, ainda, o “Programa Voluntários Pfizer”, que incentiva funcionários de seus escritórios e fábricas a participar de programações sociais diversas, dedicando parte de seu tempo e talento em benefício do próximo. 
 

Informações institucionais da Pfizer

A história da companhia começou em 1849, em Nova York, quando os primos e imigrantes alemães Charles Pfizer e Charles Erhart iniciaram a produção de insumos para o preparo de medicamentos. A projeção mundial veio quando a dupla viabilizou a produção da penicilina em larga escala.

Em 2022, a companhia completa 70 anos de presença no Brasil.

Pfizer em fatos e números

Estrutura no Brasil
  • 1,359 mil funcionários
Fábrica no Brasil
  • Itapevi
Fábricas no mundo
  • 39 unidades industriais 
Faturamento
  • R$ 14,9 bilhões (2021) no Brasil
  • US$ 81,3 bilhões (2021) no mundo
Pesquisa e Desenvolvimento
  • Investimento de US$ 10,5 bilhões ao ano globalmente
Principais segmentos de atuação
  • Vacinas, Oncologia, Doenças Raras, Hospitalar (com antibióticos e medicamentos inovadores que ajudam a combater a resistência bacteriana), Inflamação e Imunologia (que engloba Doenças Reumáticas e Artrite Reumatoide) e Medicina Interna (Cardiologia, Saúde Mental, Saúde da Mulher e Oftalmologia).
Principais marcas e produtos
  • Enbrel, Xeljanz, Ibrance, Meronem, Precedex, Prevenar, Pristiq, Sutent, Tygacil, Vfend, Vyndaqel, Xalkori, Meronem, Tazocin, Rapamune, Genotropin, Nimenrix, Bavencio, Besponsa, Torgena, e Zyvox, dentre outros.

 

PP-UNP-BRA-0155